A importância do nosso trabalho interior


Eu acredito que todos nós estamos cá para uma grande e maravilhosa aprendizagem... Nesta aprendizagem surgem muitas coisas maravilhosas, assim como muitas coisas desafiantes...

As maravilhosas são para desfrutarmos, valorizarmos, agradecermos, amarmos, sentirmos satisfação, alegria, prazer, realização...

Mas são os desafios que nos permitem verdadeiramente aprender ou perceber o quanto já aprendemos e já melhoramos.

Todos nós temos imensas qualidades, capacidades, talentos... mas que muitas vezes são camuflados por situações, conversas, palavras, atitudes que nos fizeram acreditar que só tínhamos coisas menos boas em nós...

E é no redescobrir e activar em nós estas qualidades, capacidades e talentos que entra o trabalho interior... o nosso trabalho pessoal.


Com este processo vamos descobrir coisas boas em nós, que não fazíamos ideia... mas por vezes é um processo também doloroso... muito doloroso, porque também descobrimos coisas menos boas... mas o magnífico é que depois de as descobrirmos, podemos transmutá-las... e quando isso acontece, é mágico.

É fácil? Sinceramente, muitas vezes esta mudança não é fácil, mas é totalmente possível.

É um processo que quando o interiorizamos no nosso dia-a-dia, dificilmente desistimos dele... mas até lá a possibilidade de desistência é muito grande... e na minha caminhada já assisti a muitas desistências e até eu própria, por vezes também desisti... mas fui voltando até que integrei e agora faz parte do meu dia-a-dia.


E podes perguntar, se é mágico, se há tantas melhorias, porquê que as pessoas desistem?

Pois... não haverá certamente uma resposta certa... cada pessoa terá certamente a sua, mas por vezes, pelo que percebo, alguns dos motivos, pode ser por medo de descobrir coisas menos fáceis de ultrapassar, por medo de sair da sua zona de conforto, por medo do desconhecido, por medo de deixar de ser aceite pelos outros, por medo da dor, por medo da mudança... e principalmente pela palavra trabalho, ser verdadeiramente bem aplicada aqui neste processo, porque dá mesmo muito trabalho e como tal, é preciso quereres mesmo, é preciso persistência, é preciso acredites... Como tal, há pessoas que decidem não se dedicarem a este trabalho e preferem ficar na sua zona de conforto... e tudo está certo... será a aprendizagem dessa pessoa e terá que ser respeitada.

Quanto à duração do processo do Trabalho interior, eu costumo dar o exemplo de plantarmos uma semente.

Nós plantamos a semente e depois nós temos que dar tempo para que ela comece a brotar... e quando isso acontece surge algo pequeno, quase insignificante e que não tem nada a ver com o resultado final que desejamos... mas se continuarmos a tratar bem esse rebento, a regar, a dar energia... ele vai crescer, desenvolver-se e um dia torna-se numa linda árvore, que por sua vez irá dar lindas flores e dessas lindas flores, surge os magníficos frutos... Este processo pode ser mais curto ou mais longo, conforme o tipo de árvore... mas os ingredientes principais são o acreditar que aquela semente se torna numa árvore e a persistência de continuar a cuidar, mesmo quando não parece nada com o que desejamos.

O mesmo acontece com o trabalho interior... para algumas pessoas o resultado pode ser mais rápido, para outras o resultado pode levar mais tempo a surgir... mas muitas das vezes é nesta espera que muitas das pessoas desistem... pois querem que tudo já tenha acontecido... esquecendo que tudo tem o seu tempo para acontecer.

Mas... quem consegue passar esta fase, este desafio e prova os magníficos frutos da primeira colheita... dificilmente vai deixar de cuidar da sua árvore, para que possa voltar a desfrutar novamente desses frutos...

Cuidar de uma árvore é para a vida toda... pois se deixarmos de a regar, de a podar, de fazer todos os tratamentos que ela precisa, ela deixa de ser saudável, deixa de dar bons frutos e acaba por morrer, certo?

Assim somos nós... este trabalho interior é para toda a nossa vida... é um trabalho constante, continuo e infinito... pois há sempre coisas que podemos melhorar, aprendizagens que podemos colocar em prática... como eu costumo dizer "O trabalho interior é um reencontro infinito com o nosso Ser", como tal enquanto nós cá estivermos neste nosso lindo e maravilhoso planeta, teremos sempre algo para aprender, para ultrapassar, para vencer, para descobrir, para melhorar... e a sensação de conseguirmos estes resultados é extremamente gratificante e magnífica.


E eu acredito que se todos tivéssemos esta forma de ver as coisas, o mundo seria bem melhor... bastava que cada um de nós dedicasse algum do nosso tempo a estudar um pouco de nós próprios e já faria toda a diferença.

Bons estudos de ti próprio(a) e desejo que nesta primavera plantes a tua semente... que cuides, que acredites, que persistas para que possas ver a tua árvore a crescer e desfrutes dos frutos com muita alegria, amor e gratidão.

Tudo de bom para ti

Dora Alcaria

Nota: O texto está escrito de acordo com o antigo acordo ortográfico

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags