Feliz Natal e um Próspero Ano de 2017


Natal... Palavra mágica... ou nem tanto...

Apesar do encanto, das decorações, da boa energia que se gera nesta altura, sinceramente, não gosto muito desta época do ano, no entanto, há uma magia nesta altura que eu gosto... pois as pessoas normalmente andam mais simpáticas e mais pré-dispostas a ajudarem os outros... mas por vezes, deixam de se ajudar a elas próprias, para oferecerem o melhor presente a quem amam... dar o bom presente a quem amam é bom... mas e qual o presente que se dão a elas próprias? De que forma demonstram o amor que sentem por elas próprias? Como demonstram o amor que sentem pelo Ser que aconteça o que acontecer irá estar sempre presente em si? Por quem mais deviam amar na vida?


O meu desejo é que esta energia, simpatia, bondade, alegria seja algo constante ao longo do ano, entre as pessoas e para com cada um de nós... que não seja necessário chegar esta época para haver mensagens positivas, para haver atitudes positivas, para haver agradecimentos, para haver desejos de boas coisas para todos...

Se toda a energia que está concentrada no mês de Dezembro e principalmente nos últimos 15 dias, do mês, fosse espalhada pelo ano todo, eu acredito que seriamos muito mais felizes, muito mais alegres... mas apesar de desejar mais, agradeço que pelo menos nesta altura haja tudo isto, porque acredito que quando todos tomarmos consciência do bem que nos faz tudo isto... se transporte para o resto do ano esta boa energia, alegria, amor, bondade... porque não iremos querer outra coisa na nossa vida :)


No entanto, para mim, não me faz sentido só porque é Natal ter que haver o encontro "obrigatório" de família... e se alguém decide passar o Natal de outra forma ou até mesmo sozinho... muitos acham estranho... e insistem para que não aconteça e a minha pergunta é: Porquê? E nos outros dias do ano, onde anda a família? No dia do aniversário, por exemplo que "penso" que é muito mais importante ser celebrado, quantas pessoas o passam sozinho? Quantas pessoas nem se lembram de celebrar o seu aniversário? Quantas pessoas nem recebem uma palavra de conforto, de carinho, amor, ou um simples presente, uma simples mensagem no dia do seu aniversário?


Quantas pessoas passam dias e dias... refeições após refeições sozinhas e ninguém se lembra... mas no Natal, não se pode... Porquê?

Muitas famílias só se vêem pelo Natal... e por um lado ainda bem que o Natal existe para esse fim... mas e nos outros 364 dias do ano??

O estar neste dia, realmente é melhor do que nada, e este é certamente um dos lados positivos do Natal... mas onde está a verdadeira energia do Natal durante o resto do ano? Onde está a sinceridade de amor nestes encontros familiares?

Claro que isto não acontece em todas as famílias, felizmente, mas em muitas acontece, para muitas só há este encontro nestes dois dias e depois... para o ano há mais... e além disso, para que o encontro aconteça... há ainda discórdia por passar com uns e não passar com outros, de comprar isto e não aquilo, de passar numa casa e não noutra...


Será que é isto que nós queremos para nós? Para as nossas crianças? Será que é esta euforia toda, em que o país... e grande parte do Mundo pára para comprar presentes de Natal que nos trás mais felicidade, alegria, amor, bondade, amizade??

Quantas famílias se endividam nesta altura por causa dos presentes de natal?

Não há mal em oferecermos algo a alguém especial... eu também gosto muito de o fazer. A questão não é a oferta, não é o comprar... mas sim, o excesso, ou o fazê-lo pela necessidade de mostrar aos outros o que oferecemos... o que temos... e que por vezes, provoca a falta de conseguir suprimir as necessidades básicas nos dias e meses seguintes, tudo só para mostrar que comprou algo que o amigo também tem... e aqui está a grande diferença...

Quantas pessoas deixam de tratar da sua saúde, do seu bem-estar para comprar prendas de natal?

Quando eu era criança, lembro-me de acordar cedo no dia 25 e de me colocar debaixo da árvore de Natal para abrir os presentes que o pai Natal tinha deixado durante a noite ou mais tarde, já sabia que não era o Pai Natal... mas havia uma magia especial e ficava feliz com o que lá estava... agora já todos abrem na noite de 24 e como as crianças por vezes não aguentam até às 24h, abrem antes... e daqui mais uns anos... se calhar ainda abrem mais cedo :( e além disso, muitas vezes as crianças recebem tanta coisa... que nem valorizam nada... e acaba por ser um desperdício de dinheiro e energia na compra de coisas, que não são utilizadas e nem valorizadas... e infelizmente, sinto que este é o actual verdadeiro espírito de Natal... e quero mais do que isso...


Tudo isto foi algo implementado na sociedade de tal forma que é difícil mudar... mas não impossível... como tal, É POSSÍVEL MUDAR!!!


Não te estou a fazer uma crítica a ti e nem a ninguém... pois eu própria também ainda cedo a muitas destas coisas... mas escrevo como forma de auto questionar-me e caso assim sintas, de tu te auto questionares, para podermos aos poucos ir fazendo a mudança que desejamos...


O meu texto de hoje é um pouco diferente do normal... para quem está habituado a ler os meus textos, sabe que normalmente são, de certo modo, mais positivos... sem "criticas" mas não "resisti" em manifestar o que sinto neste momento... de certo modo, será o meu Eu interior a pedir ajuda para uma mudança...

Mas apesar deste questionamento, eu aprecio o lado positivo do Natal e do final de ano e guardo com carinho a luz e brilho das cidades, das ruas, das imagens de facebook, das palavras bonitas que se lê, na esperança e no acreditar que há no ar nesta altura...

Gosto, celebro e agradeço... mas quero que isto aconteça ao longo do ano todo... quero que as pessoas desafiem os outros noutros momentos do ano para não estarem sempre sozinhas ou para fazerem actividades que gostem da sua companhia, que as desafiem para terem coragem, força e acreditarem que é possível acontecer coisas boas, quero que haja mais momentos de caridade, de amizade de lembrança, de encontros familiares... quero que haja mais inter ajuda sem cobrança, quero que as pessoas dêem uma palavra amiga e de conforto em todo ano, em qualquer altura do ano, quero ler palavras bonitas e desejos positivos e de esperança, de confiança e acreditar regularmente... quero ter presentes... quero celebrar... quero viver com esta luz e energia todo ano...

Actualmente já se sente esta energia mais constante durante o ano... mas quero mais :) Eu quero... e eu sei que tu, certamente, também queres...


Então, o meu pedido para este Natal, a minha carta para o pai Natal :) leva escrito o pedido para que 2017, (que é um ano que eu acredito que vai ser um magnífico ano), que eu, tu e o mundo beneficiemos de tudo isto regularmente, durante todo ano e que o espírito do Natal aconteça sempre que quisermos... sem um dia estipulado... sem o consumismo exagerado... sem as "obrigações" sociais... estares com quem amas, com amigos, família porque sim... porque é isso que realmente desejam e não porque fica giro... não porque se não for assim o que os outros podem dizer ou pensar... ou porque é tradição e tem que ser assim...


Bora lá fazer com que isto aconteça... Deixo-te dois desafios:

1º Faz algo que queiras muito fazer neste natal e que não o fazes porque "os outros" acham que não é assim que se deve fazer.

2º Estabelece nos teus objectivos de 2017, o que desejas mudar para que mais momentos natalícios aconteçam ao longo do ano.

Para que se concretize e não fique só na ideia, estabelece também, o que achas que tens que fazer de diferente, para que consigas concretizar isso já a partir de 2017 e consequentemente pelos próximos anos? Bora lá fazer o ano 2017 o melhor ano da nossa vida...

Há relatos em que dizem que esta celebração era no dia 21 de Dezembro... no Solstício de Inverno, o qual, é o dia mais pequeno do ano... a noite mais longa e a partir daqui, o sol vai brilhar mais perto de nós, termina um ciclo da natureza e começar outro novo! E para que seja possível estarmos em maior conexão com a natureza, seria assim que deveríamos fazê-lo.

Seguindo o ritmo da natureza, preparando uma nova época, um novo ciclo, e por isso, para além das palavras normais desta época, acrescento: Reencontro, Renascer, Recomeçar, Renovar.... como as árvores que depois de no Outono ficarem sem folhas... agora renovam e crescem mais fortes e irão dar flores lindas e frutos saborosos... e assim seremos nós...

Fica aqui o link de uma musica com o mesmo desejo que o meu e o teu :)

https://www.youtube.com/watch?v=ZxjR8-pI_NI

Tudo de magnífico para ti.

Dora Alcaria


Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
  • Facebook Basic Square
  • Instagram
  • Twitter Basic Square
  • LinkedIn ícone social
Follow Us

Para mais Informações ou marcação:

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter ícone social
  • LinkedIn ícone social

Todos os direitos reservados a Dora Alcaria

Livro de reclamações.jpg