O que é a Hipnose?

O assunto “Hipnose” é hoje em dia algo já muito comum nos meios terapêuticos. 

Cada vez mais, tanto a medicina como vários estudos académicos desmistificam a ideia errada de que a hipnose é uma prática mágica, esotérica ou teatral.

 

Hoje, a prática de hipnose, é reconhecida como um método terapêutico eficaz e tem sido aplicada em diversos tratamentos e praticada até mesmo em hospitais.

 

Hipnose é um estado muito natural.

 

O objectivo é atingir uma concentração total, onde foca toda a sua atenção no seu mundo interior, sem nunca fazer nada contra a sua vontade e mantendo-se SEMPRE, MAS SEMPRE CONSCIENTE.

 

Hipnose é um estado natural de consciência diferente do estado de vigília, semelhante ao sono. É um estado temporário de atenção modificada.

De uma forma muito simples, a hipnose é um método de comunicação que induz um transe ou um estado semelhante a um transe. Na verdade, não é nada que nunca tenha experimentado. Todos nós já entrámos e saímos de um transe muitas vezes por dia sem nos darmos conta disso!

 

Quando uma pessoa está hipnotizada é possível comunicar directamente com a mente inconsciente, que não critica nem raciocina do mesmo modo que a mente consciente. Este estado hipnótico é caracterizado por um marcante aumento quer da criatividade e da receptividade à sugestão, como também da capacidade para modificar a percepção e a memória. Além disso é também caracterizado pelo potencial de controlar uma variedade de funções fisiológicas usualmente involuntárias.

 

A hipnose pode alterar a forma como o cérebro interpreta a experiência, podendo mudar as percepções, os pensamentos, os comportamentos, e os sentimentos da pessoa.

 

No momento em que a pessoa se encontra num estado hipnótico, as "defesas" oferecidas pela mente consciente (razão) diminuem e assim, ideias que originalmente eram questionadas e ou ridicularizadas, começam a ser facilmente transmitidas para a mente inconsciente.

 

No estado hipnótico a mente consciente fica "desligada" impedindo o seu poder dedutivo. Isso permite que a pessoa entre num profundo estado de sensibilidade e possa ressignificar as suas memórias. A hipnose funciona porque todos os seres humanos são sugestionáveis. E a sugestão é o segredo chave do hipnotismo. 

 

A hipnose ressignifica situações, pensamentos, ideias e atitudes que a pessoa dificilmente conseguiria fazer de uma forma racional. Se a hipnose pode trazer novas sugestões, pode com isto formar novas ideias e crenças, permitindo que comece a acredite que por exemplo, “amanhã irá sentir-se calmo quando estiver a apresentar a sua tese”.

 

Nós somos reflexos das sugestões que aceitámos, simplesmente porque elas formam as nossas crenças sobre o mundo e sobre nós próprios. Essas crenças estão armazenadas no nosso inconsciente.

As sugestões podem chegar de várias fontes: família, televisão, sociedade, professores, etc. sendo que noventa por cento destas sugestões são instaladas antes dos 6 anos de idade quando a capacidade crítica ainda se está a desenvolver.

Estas crenças e memórias impedem a pessoa de visualizar o seu pleno potencial e diariamente poderá ouvir-se dizer frases como: "Eu não posso”, “Eu sou gordo”, “Estou com medo”, “Não adianta tentar”, “É difícil”, “É impossível", e cada vez mais se auto-sugestiona negativamente e limita o seu poder de actuação.

 

Apesar da mente inconsciente ter o poder de aceitar e armazenar sugestões negativas, também tem o mesmo poder para aceitar e armazenar sugestões positivas, conseguindo substituir os padrões negativos para positivos. O inconsciente é uma “máquina” poderosa livre de críticas e julgamentos. Aceitará como literal e verdadeiro qualquer sugestão que possa chegar até lá e este é o poder da hipnose.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Algumas definições, segundo alguns autores importantes no desenvolvimentos da Hipnoterapia:

 

“Hipnose, é um estado alterado de consciência, ou seja, um estado de consciência através do qual, todo o conhecimento que nós adquirimos ao longo da nossa vida e que se usa automaticamente, se torna de repente disponível “(Milton Erikson (Considerado o criador da chamada Hipnose Moderna))

 

 

 

 

 

 

 

 

“Hipnose, é um estado de concentração ou relaxamento que permite aceder a conteúdos inconscientes. É um processo em que se recupera uma memória, não uma máquina do tempo" (Brian Weiss (Psiquiatra norte-americano que utilizava a hipnose nas suas consultas e autor de vários best-sellers traduzidos em Português))

 

 

 

 

 

 

“Hipnose é uma super concentração da mente. Normalmente a mente ocupa-se de vários estímulos ao mesmo tempo; no estado de hipnose, a concentração dá-se apenas em uma única coisa, mas num grau mais elevado do que o estado comum.” (Dr. Sydney James Van Pelt (1949)

Para mais Informações ou marcação:

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • Twitter ícone social
  • LinkedIn ícone social

Todos os direitos reservados a Dora Alcaria

Livro de reclamações.jpg